segunda-feira, 14 de março de 2011

Resenha: The City of Ember - Jeanne DuPrau

  Oi, povo feliz!
  Pra não atrasar e ter que fazer OUTRA Review Holiday, ou algo do gênero (¬¬), eu vou postar hoje a resenha de The City of Ember, da Jeanne DuPrau, livro que eu terminei de ler ontem mesmo. Lá vai!

  Informações (Ir)relevantes:
         Original                                                      
Nome: The City of Ember          
Autor: Jeanne DuPrau
Número de Páginas: 288
Lançamento: 2003                                          
Editora: Yearling 
_____________________
              Brasil
Nome: A Cidade das Sombras   
Número de Páginas: 224
Lançamento: 2005
Editora: Nova Fronteira                               



                                   Sinopse
  Original
  "The city of Ember was built as a last refuge for the human race. Two hundred years later, the great lamps that light the city are beginning to flicker. When Lina finds part of an ancient message, she’s sure it holds a secret that will save the city. She and her friend Doon must decipher the message before the lights go out on Ember forever! This stunning debut novel offers refreshingly clear writing and fascinating, original characters."

  Brasileira
  "O desafio de Lina Mayfleet e Doon Harrow, ambos de 12 anos, é nada menos do que achar uma solução para os apagões que deixam na escuridão total a cidade em que vivem, a estranha Ember, onde não há sol nem lua. A iluminação do lugar depende de um gerador, que, após dois séculos de uso, dá mostras de que não vai durar muito. É essa a história de "A Cidade das Sombras."


                   Um Livro Em Três Palavras    

                 Legal; Meio-parado; Uma-ideia-bem-original

            E, finalmente, a porcaria da resenha...      

   Lina Mayfleet e Doon Harrow vivem na cidade de Ember, cidade criada há mais de 200 anos, para o caso de não haverem mais humanos na Terra nesse tempo. Nessa cidade, tudo é controlado pela energia, pelo gerador. Lina e Doon têm doze anos e, no Assignment Day (Dia da Escolha [tradução livre]), eles descobrem seus empregos. Lina quer ser mensageira,. Doon quer trabalhar perto do gerador, pois quer ajudar a resolver os problemas dos apagões em Ember, cada vez mais constantes. Doon tira o trabalho de mensageiro, e Lina de Pipework Laborer (Trabalhador de Encanamento [tradução livre]), e eles trocam!
    Mas os verdadeiros problemas começam quando Lina encontra em um velho armário de sua casa uma caixa contendo um papel rasgado, e nesse papel encontram-se instruções para algo. Seriam as instruções de como sair de Ember de uma vez por todas? Poderão Lina e Doon descobrir a tempo de salvar a cidade e a todos que amam de imergir na escuridão eterna?
    O livro começa muito bom, com um estilo de aventura, que é muito legal de se ler. Porém, mais pro meio do livro, ele vai perdendo esse ritmo, e se transforma em uma coisa repetitiva, meio monótona. E daí vem o final, recheado de aventura e intrigas.
    Ou seja, eu não sei o que pensar desse livro!
    Ele é legal, depois é chato, depois é legal! Com certeza é uma narrativa interessante! É uma ideia diferente, bem elaborada durante a história. E a autora escreve muito bem, de um jeito que capta tanto as crianças quanto (prova viva) os que já leem Young Adults, os adolescentes.
    Eu acho que vale a pena dar uma olhada no livro... Não será uma das melhores coisas que você já leu na vida, mas é bom para dar uma relaxada nos YAs e ler uma ficção interessante para os menores!


  Nota:   

  

  






  Geek Geek

  Nota para a capa (1 a 5): 4.5; É meio pouco trabalhada, eu sei, mas tem tudo a ver com a história e o ambiente criado pela autora!

  É isso, povo! Espero que tenham gostado!
  Boa leitura!

Um comentário:

  1. Essa é uma ótima resenha. Me ajudou muito em um trabalho de escola. Muito obrigada e meus parabéns.

    ResponderExcluir